Autismo- Parte 3

O bebê a percepção dele a princípio nesse narcisismo primário é de que o mundo é uma extensão do próprio corpo dele então a gente tem uma observação objetiva você observando o bebê ele está e interação com a mãe dele por exemplo, só que do ponto de vista subjetivo do bebê à mãe é como uma extensão do corpo dele a princípio porque tenta aí pensar com um bebê vamos fazer esse exercício, você primeiro está vendo um muito limitado pelo seu sentido ainda não entende direito o que ocorre e lá no útero está tudo em volta de você, você recebe alimento sente calor você tem todas as percepções ali no seu mundinho, quando você nasce, você chora e ganha comida ou alguma outra coisa que a mãe da a mãe dá, sempre atendendo às necessidades do bebê isso não é ruim e essa é a grande sacada aqui não é ruim esse Narcisismo primário, é assim que a humanidade sobrevive ser humano é especialmente um animal social evoluiu de forma aqui um  bebê nasce prematuro ele precisa de cuidados ele precisa de alguém dando o que ele precisa para sobreviver porque se você deixar um bebê sozinho e vai morrer vai fazer nada diferente de outros animais, jamais será o canguru lhes já sai já corre para a bolsa da mãe, ou mesmo a girafa já sai andando enfim, são características diferentes então a princípio o bebê do ponto de vista subjetivo ele entende que o mundo é uma extensão dele porque ele realiza esses entre aspas atos mágicos, as coisas ocorrem como se o mundo como se ele próprio fosse o centro do mundo talvez isso não seja tão fácil de perceber a princípio que se colocar do ponto de vista do bebê e aí é um exercício interessante você tenta pensar como criança para entender a psicanálise isso é muito importante a gente tem que tentar entender e que como é que essa forma diferente de pensar porque pra gente é estranho, a gente sabe que a gente, o que que o mundo, outras pessoas, já o Bêbe tem uma percepção diferente, então a gente já começa que entendendo que eu acho que o principal que é este Narcisismo primário, ele é essencial, ele é fundamental necessário e ele é constitucional a gente precisa dele.

http://www.fiocruz.br/biosseguranca/Bis/infantil/autismo.htm